A ordem dos fatores alterou o produto. – Veja Mais…

As Igrejas no mundo com o passar dos anos vem mudando suas visões, doutrinas, cada uma tentando colocar seu ponto de vista interpretada da palavra de Deus, e obedecendo as novas leis que rege a sociedade, é fatos que o mundo onde vivemos mudou muito, o sistema global implantado nos dias de hoje exigiu que as igrejas tomassem tais posturas, vemos hoje igrejas arrecadando os dízimos através de cartões de créditos, depósito em conta, fugindo um pouco dos costumes passados, leis implantadas no Brasil foi uma das razoes destas mudanças.

Mas além das mudanças  necessária ouve também ao meu ver mudanças significativas em relação a pregação do evangelho, vemos hoje uma grande parte de líderes religiosos pregando o famoso Evangelho da prosperidade, e pior, vemos as pessoas querendo ouvir este evangelho, o interesse de melhores condições financeiras invadiu os corações fazendo com que cultos e pregações sejam voltadas para o assunto prosperidade.

Mas o que há de errado em ser próspero ?

Nada, a prosperidade é benção, é de Deus.

Então o que há de errado com o evangelho da prosperidade?

O erro está no simples fato de ser a prioridade no coração das pessoas, hoje as pessoas estão interessadas no que Deus pode dar a elas , querem as bênçãos de Deus, este é o erro, Jesus nos ensina diferente,  leia Mateus 6:33

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. “

Jesus nos ensina a primeiro buscar o reino e sua justiça as outras coisas é acrescentadas automaticamente, prosperidade é fruto do reino, curas, é fruto do reino, quando vivemos a plenitude do reino de Deus em nós, temos todos os benefícios do reino também, se estamos conectados ao reino automaticamente seremos prósperos, no reino de Deus não existe miséria, não existe doença etc…

A intenção do nosso coração deve ser pura e verdadeira, elem de legalista, vejo muitas orações que não tem legalidade diante da palavra de Deus, isso é jogar fôlego fora.

Vou dar um exemplo de orações sem legalidade ex: “ Deus, abra as janelas dos céus sobre minha vida, me faz uma pessoa próspera, repreenda o devorador….” Se está pessoa não der o dízimo, esta oração já não tem efeito com base no texto de  Malaquias 3:10-12.

Mas o que mais me preocupa é que a intenção do coração da maioria das pessoas está nos benefícios próprios, na igreja de hoje falta o amor pelo próximo, falta santidade, falta um compromisso verdadeiro com o nosso Deus, precisamos buscar ao senhor com um coração puro, com o desejo de o adorá-lo verdadeiramente, adorá-lo pelo que ele é, devemos prestar culto a ele com seriedade, com verdade, com louvor, sabendo o que estamos fazendo, chamo isso de adoração racional, muitos vão a igreja e nem sabe o que o pastor pregou naquele culto mas se perguntar a roupa que o fulano estava ele responde na hora, Deus está interessado na sua adoração, e não adianta tentar enganar Deus, ele conhece nosso coração, nossa intenção e somente seremos aprovados por Deus se formos sinceros com ele.

Devemos ter um relacionamento verdadeiro com Deus, devemos amá-lo , servir com amor, esse é o nosso papel, devemos ser servos aprovados, somente assim , aprovados por Deus viveremos os benefícios do reino nesta terra.

Busque primeiro o reino, o resto…..ele te dará.

Autor: Pr. Eduardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Powered by WordPress | Designed by: suv | Thanks to lexus suv, ford suv and honda suv